Empoderamento pela Publicidade: será que ele existe?

  • Gabriel Matos
  • Gabriela Moura
  • Helaine Martins
  • Joana Gabriela Mendes

A oficina pretende refletir sobre a representatividade, especialmente da população negra e LGBT, nos meios de comunicação e seus desdobramentos.

Ser negro no Brasil, país que possui 55% da população autodeclarada preta e parda, mais que dobra as chances de ser assassinado. Somos o país que mais mata pessoas LGBTs no mundo e ocupamos o quinto lugar no ranking mundial de violência contra a mulher. Ao mesmo tempo, esses grupos minorizados sentem-se cada vez mais empoderados e têm reivindicado espaço para suas pautas e demandas. Como a comunicação está exercendo o seu papel diante desse cenário? Qual o papel e o poder da publicidade diante dessas mudanças? Como as marcas podem participar dessa conversa de forma genuína e se readequar a essa nova realidade?

Realização conjunta

  • Ação Educativa
  • Idánimo Consultoria de Comunicação

Conteúdo programático

1. O que é empoderamento?
2. Publicidade e os recortes de raça, gênero e LGBT
3. As marcas e as causas
4. O que as marcas estão fazendo?
5. Boicote funciona?
6. Exercício: caneta corretora

A quem se destina

Profissionais da comunicação e interessadas(os) em geral.

Precisa de bolsa? Clique aqui

Educadoras(es)

  • Gabriel Matos
  • Gabriela Moura
  • Helaine Martins
  • Joana Gabriela Mendes