Marcenaria, Sustentabilidade e Autonomia da Mulher

  • Carolina Barbati

Com o propósito de oferecer alternativas de sustentabilidade e renda para mulheres da Região Metropolitana de São Paulo que, segundo pesquisas do DIEESE e Fundação SEADE, possuem taxas de desemprego superior aos homens, oferecemos esta oficina de introdução à marcenaria, com materiais de fácil acesso e manuseio.

Com incentivo ao consumo consciente, recuperação e reutilização de madeiras, a sustentabilidade apresenta-se como tema fundamental desta oficina, uma vez que contribui na redução de matéria-prima na fonte e no descarte inadequados de materiais, que geram graves impactos ambientais e sociais, atendendo às diretrizes da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

Conteúdo programático

A partir da utilização de um estrado de cama, a proposta é a realização de uma oficina de três horas, em que serão apresentados três projetos a serem executados, de acordo com a escolha das participantes. Após a definição dos projetos, será feito uma breve apresentação dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI), das possíveis ferramentas utilizadas e como manuseá-las, enfatizando a proposta de ressignificação e reutilização de materiais e ferramentas de baixo custo, fáceis de serem adquiridos. Finalizando a parte introdutória, em pequenos grupos, as participantes produzirão o projeto escolhido, contanto com o apoio e mediação da educadora. Os projetos sugeridos são:

– Montagem de uma jardineira/horta vertical ou um suporte de panelas (possuem a mesma estrutura, mas podem ser utilizados para funções distintas);

– Montagem de uma estante;

– Montagem de um banco

A quem se destina

Mulheres acima de 18 anos.

Precisa de bolsa? Clique aqui

Educadoras(es)

  • Carolina Barbati