Dança Africana da Guiné

Nesta oficina, as/os participantes terão a oportunidade de ter uma vivência prática de dança Africana da Guiné com a dançarina, percussionista, cantora, coreógrafa e professora Mariama Camara, guineana que vive no Brasil há 7 anos.

A dança africana proporciona a integração social, o bem estar, a elevação da autoestima das pessoas que tem contato com as artes e as culturas de matrizes africanas e colabora, sobretudo, na construção da identidade cultural dos povos afrodescendentes no Brasil e no mundo.

O que levar?

Roupa apropriada à práticas corporais

A quem se destina

Artistas, pesquisadoras(es), estudantes da cultura africana e afro-brasileira, interessadas(os) em aprender sobre as artes africanas de modo geral. Faixa etária a partir de 14 anos.

Educadoras(es)

  • Mariama Camara