Lambe-lambe da transparência

Apesar dos dados públicos serem abertos, os cidadãos têm dificuldade em encontrar as informações necessárias para um melhor entendimento dos orçamentos públicos, afastando-os do interesse político.

A criação de um ambiente lúdico para gerar o debate é importante para que haja interação espontânea do jovem com questões políticas, fomentando o entendimento desde as ações públicas em seu próprio bairro, até investimentos em nível federal.

A utilização da internet como fonte de busca autônoma de dados oficiais garante ao jovem uma maior argumentação política.

Os lambe-lambes são apelativos visuais para que a informação contida nele seja menos burocrática e dialogue com o público local. A ideia de incentivar o jovem a criar o próprio lambe faz com que ele se torne um agente transformador, um comunicador social.

Conteúdo programático

1. Captação de dados em portais de transparência em conjunto;

2. Criação da interface visual do lambe usando materiais manuais;

3. Entender o processo de colagem e utilização das ferramentas;

 

A quem se destina

Jovens, adultos, professoras(es), ativistas

Educadoras(es)

  • Gustavo Alencar